terça-feira, 7 de outubro de 2008

Um novo olhar

Sorriso farto, gestos sinceros, palavras honestas. Muito mais que uma designer, Heloísa Crocco é uma lição de vida. No 2o. encontro Por um Viver Sustentável (presente da Formus e da jornalista Simone Bobsin), uma verdadeira viagem, com extrema simplicidade, de como chegou - e chega - ao processo criativo a partir da natureza, tão sábia quanto ela. Seu trabalho maior não está, a meu ver, nas peças que surgem ao longo de anos de infinita busca. Seu grande trabalho parece ser de uma conscientização do ser como um todo, artesões e profissionais, seres mutáveis e lapidáveis - desde que abertos a tal . Eu chamei de uma nova visão, um despertar. Ela de catequese. E não podemos negar seu poder transformador.
Como ela mesma disse, num país riquíssimo em matéria-prima, ainda quase que totalmente desperdiçada, falta um trabalho de reflexão, falta uma provocação, um novo olhar, mais puro e intenso.
Na imagem, painel feito com aparas de cercas que são exportadas para os EUA, onde cada peça é revestida com resíduo têxtil. Esse parece ser o trabalho maior de Heloísa: tirar das sobras o que temos de melhor.

Um comentário:

Anônimo disse...

Nao conhecia a Heloisa, mas por causa de seu texto pesquisei e...nossa, a mulher é tudo! Não vejo a hora de ver a entrevista!!!