quinta-feira, 21 de maio de 2009

Hugo França

Hugo França cria “esculturas mobiliárias” a partir de resíduos florestais abandonados na mata. A natureza apresenta suas formas e ele as interpreta, invertendo a maneira clássica de projetar. No seu trabalho, a função nasce a partir da forma encontrada na natureza, o que torna cada objeto ímpar, exclusivo e raro. Um trabalho sustentável que ainda revela a impressionante idade das árvores mortas utilizadas e sua escala monumental. O trabalho de França alia preocupação com o meio ambiente e sensibilidade artística. A esse diálogo criativo, segue-se uma intervenção artesanal e sensível que dá origem a peças únicas e exclusivas.
A trajetória de sucesso do engenheiro foi iniciada quando, ao buscar isolamento em Trancoso, Sul da Bahia, nas décadas de 80 e 90, acabou encontrando sua real vocação ao entalhar despretensiosamente uma pia maciça em madeira Baraúna.
Mais de 20 peças do designer,formam o mobiliário de Inhotim Centro de Arte Contemporânea (
http://www.inhotim.org.br/) ,um espaço único, criado a partir da coleção de arte de Bernardo Paz. Entre elas estão as mais monumentais esculturas mobiliárias que o designer já produziu. Elas encontram no local a sua mais perfeita tradução ao aliar sensibilidade artística e consciência ambiental.

Nenhum comentário: