terça-feira, 14 de agosto de 2012

Biomóvel








No mercado imobiliário e da decoração, o assunto sustentabilidade é cada vez mais valorizado, sobretudo pelos empreendimentos que buscam a certificação de Liderança em Design Ambiental e Energético (LEED). Uma pesquisa realizada pela Market Analysis e pelo Instituto Akatu revelou que entre os brasileiros 33% já adotam atitudes conscientes na hora da compra e 37% pagariam mais por materiais não nocivos ao meio ambiente.
Esta preocupação também está presente na produção de móveis. O Biomóvel, por exemplo, compreende a produção de produtos e sistemas de maneira a minimizar os impactos ambientais em todas as fases do ciclo de vida., e integra todos os níveis de desenvolvimento do produto, associando vantagens competitivas em relação aos materiais utilizados e a redução dos resíduos de produção.
Para garantir a qualidade, sem deixar de lado a sustentabilidade, a Girona Design utiliza painéis de madeira com certificação FSC, ou seja, matéria prima certificada pelo Conselho Brasileiro de Manejo Florestal, que leva em conta o cumprimento de questões ambientais, econômicas e sociais - portanto, sustentáveis. Seu principal fornecedor, a Berneck, recebeu essa certificação recentemente, e que possui mais de 62.000 hectares de terras destinadas ao cultivo florestal e planta anualmente mais de 3,5 milhões de árvores com mudas próprias. As mudas plantadas passam por um longo processo de seleção e cuidados, até se transformarem na matéria-prima.
Linha sustentável. Além de utilizar os painéis certificados, a Girona Design também possui linhas produzidas somente com sobras de materiais. Um exemplo é a fabricação da linha de buffets e racks, que utilizam painéis com mais de dois metros de comprimento e sempre restam aparas de MDF. Por isso a designer e diretora da marca, Alessandra Delgado, criou a linha Aparas, com o principal objetivo de aproveitar esse material. As peças ganham acabamento em laca brilhante.
É a sustentabilidade e o bom design em plena união!




Nenhum comentário: