sexta-feira, 17 de maio de 2013

Imperdível!!!

Parque da Juventude, arquitetura de Aflalo & Gasperini, localizado na área do antigo Carandiru, a famosa Casa de Detenção



Centro Cultural Maria Luiza e Oscar Americano, de São Paulo,  de Carlos Bratke

Pedra Branca, bairro planejado em construção em Palhoça, Grande Florianópolis,
premiado na Bienal de Buenos Aires

Centro Administrativo de Chapecó, escritório  Jobim Carlevaro

Projetos destaques das últimas bienais de arquitetura estarão em exposição em SC
Melhores trabalhos apresentados em Buenos Aires, Colômbia e São Paulo ficarão 26 dias expostos no Museu de Arte do estado, em Florianópolis

Os arquitetos e urbanistas brasileiros que não puderam participar nos últimos anos das tradicionais bienais de arquitetura realizada no Brasil ou em países vizinhos terão a chance de conferir em detalhes o trabalho de 40 escritórios nacionais e estrangeiros apresentados nas Bienais de Buenos Aires, Colômbia e São Paulo. De segunda-feira (22/5) a 16 de junho, os melhores projetos da arquitetura nacional, latino-americana e catarinense estarão expostos no Museu de Arte de Santa Catarina, no Centro Integrado de Cultura (CIC), em Florianópolis. As obras foram cuidadosamente selecionadas pelos curadores da mostra - arquiteto André Schmitt e jornalista Vicente Wisembach - com base no interesse do público catarinense e região Sul.
            Em destaque obras como o da Reurbanização e recuperação de espaços públicos na cidade de Santa Fé, na Argentina, do arquiteto Mário Corea; o Parque da Juventude, construído em São Paulo, no mesmo local do Carandirú, arquitetura de Aflalo & Gasperini; o Centro Cultural Maria Luíza e Oscar Americano, também na capital paulista, de  Carlos Bratke; o Circuito Cultural Praça da Liberdade – maior complexo cultural do Brasil – de Belo Horizonte, entre outros. Dos 800 mque serão ocupados pela exposição, um espaço será reservado para realizações focadas no Urbanismo Sustentável, com o do bairro planejado Pedra Branca, que está em construção em Palhoça, na Grande Florianópolis, projeto premiado na XIII Bienal Internacional de Arquitetura em Buenos Aires, na Argentina. A exibição será por meio de painéis fotográficos, vídeos, animações e maquetes eletrônicas e físicas. 
Abaixo a lista dos principais participantes da exposição: 
  • Mostra Urbanismo Sustentável – com destaque para os projetos de Santa Catarina apresentados na Bienal de Buenos Aires. 
Pedra Branca: Prêmio Urbanismo. Sala especial com maquetes atualizadas e fotos das obras que serão entregues em 2013: as duas primeiras quadras, os edifícios Office Green e Corporate Center, o shopping aberto, a praça e a primeira rua compartilhada. Junto à mostra haverá um espaço destinado à sustentabilidade.   
Vita e Ocio. Proposta de diretrizes para uma melhor ocupação das áreas costeiras e serranas de Santa Catarina. 
Jardim Botânico de Florianópolis. Apresentação do projeto para os novos espaços do Jardim Botânico em três diferentes pontos de Florianópolis. Desenvolvido por alguns dos principais arquitetos e urbanistas do Estado.

  • Prêmio Arquitetura Catarinense. Sala especial com os projetos premiados no concurso promovido pela Asbea/SC, com apoio do IAB/SC. 

  • Homenagem ao Arquiteto João Filgueiras Lima – Lelé. 

  • Mostra Novos Espaços Culturais no Brasil. Versão ampliada da exposição que representou o Brasil na Bienal de Buenos Aires. Com destaque para os novos espaços culturais de Minas Gerais e São Paulo, como Circuito Cultural Praça da Liberdade, maior complexo cultural do Brasil,   Parque da Juventude, arquitetura de Aflalo & Gasperini e Centro Cultural Maria Luiza e Oscar Americano, arquitetura de Carlos Bratke. 

  • Projetos selecionados nas Bienais de Buenos Aires e Ibero-americana
  • Mário Corea (Espanha/Argentina)  – 1º Prêmio Internacional e Prêmio Gestão Pública na XIII BA. Reurbanização e recuperação de espaços públicos na cidade de Santa Fé, Rosário, Argentina. 
  • Geraldo Caballero (Argentina) – 1º Prêmio Arquitetura Argentina + Prêmio CICA de Habitação Coletiva Argentina. 
  • Alvaro Puntoni (Brasil) – Prêmio Nova Geração Latino-americana na XIII BA. 
  • Josep Maria Botey (Espanha) – Prêmio Patrimônio Histórico na XIII BA.  Intervenções Contemporâneas no Patrimônio Histórico. 

  • Roberto Converti (Argentina) – Exposição “El Azul en la Ciudad – O protagonismo urbano da água”, organizada pelo curador veneziano Rinio Bruttomesso, do Centro Internacional “CITTÁ d’AQUA” de Veneza (IT).  

  • Projetos selecionados na 9ª BIA – São Paulo:
Centro Administrativo de Chapecó, de Marcos Jobim, Silvana Calevaro, Leandro Rotolo Soares. Chapecó, Santa Catarina.
Edifício Sede do CONFEA, de Pedro Paulo de Melo Saraiva, Pedro de Melo Saraiva, Fernando de Magalhães Mendonça, Ricardo Kinai, Claudio Reuss, Noemi Yassue Kayo. Brasília, DF.
Edifício W305, de Isay Weinfeld. São Paulo, SP. 
·   Urbanização do Cantinho do Céu, de Marcos Boldarini e Melissa Matsunaga.
São Paulo, SP.

Serviço:
Exposição Internacional de Arquitetura e Urbanismo
De 22 de maio a 16 de junho,
Museu de Arte de Santa Catarina 
Centro Integrado de Cultura (CIC) 
Florianópolis -  SC

Nenhum comentário: