terça-feira, 9 de julho de 2013

Viva o vintage!


 

 



De onde vem o patchwork
O nome vem de "trabalho com retalho", esses, vários e costurados uns aos outros, mas remete tão somente ao acabamento superior, ao lado estético do trabalho. E não é de hoje. Os faraós usavam roupas com técnicas semelhantes. Mas o patchwork ganhou notoriedade com os trabalhos feitos pelos colonizadores dos estados Unidos e Canadá, onde o  tecido era uma preciosidade ( bem como as linhas , que eram passadas até de mãe para filha!) , e a técnica aproveitava cada pedaço. Dizem que as moças tinham que fazer  12 colchas antes de se casar...
Histórias  e lendas a parte, a mistura de padronagens vem ganhando espaço em vários setores - não só do setor de têxteis -  e ganha força nos revestimentos. Primeiro, veio a volta dos azulejos decorados. Depois, eles usados todos juntos, montando um patchwork. Mais retrô impossível!
 
Sabendo - e apostando - nisso, a Emme Due apresenta a Coleção Vintage, patchwork para paredes feitos em cerâmica com modo de produção artesanal, com estampas  inspiradas nos projetos de decoração das décadas de 50 e 70. 
Disponível no tamanho 15 x 15 cm, possui 8 opções de composições que misturam cores e desenhos, cada kit tem 1 m² e vem com 44 peças. Além das composições disponíveis o cliente tem a opção de adquirir 0,5 m² de cada cor e criar o seu próprio painel.
 
A Coleção Vintage da Emme Due confere as fachadas internas e externas um aspecto artesanal e lúdico.
 
 

Nenhum comentário: