sexta-feira, 28 de junho de 2013

Um clássico!

Pied - de - poule, estampa clássica com cara de inverno 
Damasco, da coleção Tetris,  em vidro maciço
           Para fechar essa semana, onde já falamos das cores que estão marcando esse inverno  -  azul kleinburgungy e mostarda - , hoje é dia de uma dupla bem conhecida e que nunca sai de moda. Coringas no mundo da moda,  a união do preto e do branco garante looks sofisticados que vão do clássico ao mais moderno. E é atemporal.  E na moda casa, que chamamos de decoração, não é diferente: tanto podem compor ambientes clássicos, como os super modernos - e até os irreverentes ( vide "onda" das caveiras, dos hipnóticos e dos lúdicos).  E podem surgir sozinhos ou bem acompanhados. Através de contrataste com peças coloridas, essas duas cores podem compor os mais variados tipos de ambiente. Sozinha, a cor preta não deve ser usada em excesso para não criar um ambiente carregado. Já a branca garante harmonia e tranquilidade ao espaço. Mas juntas, nunca passam desapercebidas, estejam elas "entrelaçadas" ou seja, as duas numa mesma peça, 
ou  fazendo belo par.
A dupla sempre presente nas coleções, mas sempre com toque de autenticidade

Marcelo Rosenbaum para Bobinex

Pavão Revestimentos apostando na dupla reforçando o efeito hipnótico

Laminado em grafismo da Pertech

Tapete da parceria  JRJ + Carybé
Slick, união do moderno e do clássico

       E sai coleção, entra coleção, estão sempre presentes  nos revestimentos dos mais diversos tipos - cerâmicos, pastilhas, porcelanatos, seja em detalhes ou painéis inteiros -  papéis de parede, laminados, e por ai vai.   E  pode achar em peças de design,  mobiliário, tecidos e muito mais. Juntos. bem juntinhos. Ou em composição.
As dicas estão ai! Bom Inverno! 

quinta-feira, 27 de junho de 2013

Temperando o inverno

E continua nosso passeio pelas cores da nova estação, identificadas pela Pertech, lider de laminados. Essa semana já  falamos do Azul Klein e do Burgundy. E hoje é dia do mostarda, essa cor entre sóbria  e alegre, que combina com tudo e traz um pouco do sol para a estação mais fria do ano. E já faz um bom tempo... 
Mostarda. Há quem diga que esse tom de amarelo  meio bege, meio opaco, não é uma das cores mais simples de se combinar, mas desde 2012 vem conquistando as passarelas do mundo todo. Tanto na moda, quanto na decoração, por ser uma cor bem forte, o ideal é combiná-la com cores neutras como preto, cinza e branco. O que eu não concordo. Como casa bem com as cores mostradas, o tando no azul Klein quando o burgundy? E com o verde e o vermelho, então?  E como alegra o marrom e  destaca tantas outras cores! 

Fragmentos, tecido da Casa Rima

Cobogó com mostarda e azul

Cadeiras São Paulo, de Carlos Motta para a Butzke

Mix Amarelo, da Pavão

Tecido da JRJ


  Forte,  a cor mostarda pode aparecer apenas em um detalhe no ambiente. Ou invadir tudo, se a intenção for "acordar" o espaço. A versatilidade da cor garante alegria e modernidade aos ambientes. E como aquece!
E amanhã vamos da clássica dupla preto e branco, sempre presente!

quarta-feira, 26 de junho de 2013

Dia de Burgundy

Essa semana estaremos falando das cores que invadiram a moda Outono Inverno 2013  -  azul klein, burgundy, mostarda  e  a clássica dupla P&B , sempre presente - , que tomaram conta das passarelas e das ruas. 
E  porque não nossas casas, já que as modas se entrelaçam?
Segunda  foi a vez do Azul Klein, que já reina na cartela de cores desde 2011/2012. E hoje falaremos - mostraremos! - e influência do tom burgundy  - mais conhecido como Borgonha -  que tem a  cara do inverno ! Fácil entender porque nos agrada  tanto na estação mais fria do ano: burgundy é uma cor  "amadurecida", quente, densa, profunda, lembra o vinho da região de Borgonha, França, de onde vem seu nome. A cor, que já se fez e faz admirar nas passarelas, e reapareceu  nas ruas, "casa" bem com a estação e aparece em vários setores: revestimentos , tecidos, mobiliário e até cubas. Cor de fácil combinação, vai bem acompanhando cinzas, pretos, verdes, turquesas e por ai vai...



Cor presente em roupas, acessórios e até esmaltes
 
Rubi, pastilha da Atlas

Mix vermelho da Pavão Revetimentos


Pufe- cama da Move Movel

Cuba da Glass

Veludo bordado da JRJ Tecidos
É de aquecer até a alma...


E amanhã, vamos de mostarda!
E pedimos desculpas por ontem, quando um problema técnico nos impediu de postar...

segunda-feira, 24 de junho de 2013

Inverno azul?!!!


Nova estação, nova decoração na casa. E quais as cores deste inverno?
Quem pensa em mudar a decoração da casa a partir das tendências de moda da nova estação que acaba de começar, pode apostar na combinação de tons frios, neutros e terrosos. Nos desfiles de moda do mundo todo foram apresentadas as cores e as tendências que vão fazer a cabeça dos fashionistas durante o inverno. Cores como  azul klein, burgundy, mostarda,  e  a clássica parceria do preto e branco estão em alta nos calçados e nas vestimentas ( até nas sombras e nas unhas, certo?). 
Mas que tal seguir as tendências de moda e aplicá-las na decoração dos ambientes? Essa dica vem da Pertech que tem laminados seguindo essas tendências,  sejam eles lisos, texturizados ou decorados. Mas a tendência  invade outros setores, como o de revestimentos ( Atlas apostou na cor em pastilhas de porcelana) , carpetes e tapetes ( Interface trabalha essa cor na linha feita com resíduos de redes de pesca). .


Azul Klein em roupas, acessórios, calçados , maquiagem e até unhas!

Laminado da Pertech na cor do momento


Pastilha da Atlas em super azul
Cadeira Rio, da Butzke

Tapete feito a partir de resíduos de redes de pesca, Interface




Hoje vamos ver o Azul klein. Conhecido nacionalmente como Azul Bic, essa tendência surgiu inspirada nas pinturas monocromáticas de Yves Klein, ainda em 1960. E voltou com tudo já em 2010/2011. Na moda das ruas, acorda um inverno já cansado de ser cinza, marrom e preto. E aparece em casacos, vestidos, camisas , acessórios e até calçados. Na decoração esse tom garante paz, tranquilidade e um ambiente muito mais aconchegante. A decoração com tons em azul puxa um pouco para o lado clássico, sem deixar o moderno de lado. A utilização da cor deve ser moderada e a combinação com um piso madeirado garante um resultado fantástico.
Viu que até a postagem está em Azul Klein? E durante essa semana veremos  as outras cores. 
Que venha o inverno! E que seja colorido!




sexta-feira, 21 de junho de 2013

Inverno brasileiro









Inverno chegou e com ele o frio. mas inverno não precisa ser triste, sem vida e sem cor, pelo menos no Brasil! 

A parceria  JRJ+FARM, duas gigantes brasileiras e que conhecem nosso jeito de viver como ninguém, lançam as Almofadas Pregas

É ou não é de se jogar no sofá - ou no chão, ou no colchão - e relaxar?
A grande novidade é que a JRJ acaba de lançar sua loja virtual. 
Ou seja: alegria, qualidade e conforto ao alcance das mãos!

quinta-feira, 20 de junho de 2013

Xis!







Butzke, primeira empresa do país especializada em móveis de madeira certificada voltados para o lazer, áreas externas e internas, apresenta mais uma peça em sua coleção. Trata-se da mesa Xis, assinada com exclusividade para a marca pelo designer Pedro Useche, em madeira de eucalipto certificado 100% e com acabamento em verniz PU natural. Com 74 cm de altura, Xis pode ser usada com tampo de vidro nas opções de 1.100 ou 1.200 mm de diâmetro. 
Fundada em 1899, a empresa, instalada no município de Timbó (SC), é a primeira no Brasil a produzir móveis certificados pelo selo FSC (Conselho de Manejo Sustentável). O portfólio da marca exibe peças para áreas externas e de lazer, com design assinado por grandes nomes, como Sergio Rodrigues , Carlos Motta e o já citado Pedro Useche,  entre tantos. 
Que bela receita: madeira de reflorestamento + design brasileiro = sucesso. 

quarta-feira, 19 de junho de 2013

Na ponta do dedo








Uma nova versão da Real Living Touchpad está chegando ao mercado. Agora, a fechadura da Yale que pode ser operada através de senha numérica, sem o uso de chaves (sistema keyless) e que permite que portas sejam abertas ou fechadas em tempo real e remotamente através do seu gadget, também está disponível no modelo com maçaneta.

Dentre as muitas inovações tecnológicas incorporadas à fechadura, destaca-se a possibilidade de operarem em conjunto com sistemas de automação residencial que utilizem os protocolos de comunicação Zigbee ou Zwave. Desta maneira, é possível interligar a Real Living ao sistema de automação da residência.

As duas versões (com e sem maçaneta) da Yale Real Living podem ser instaladas em portas a partir de 35 mm. Possuem chave mecânica de emergência, alarme antivandalismo e senhas. Os trincos são motorizados. O fechamento é automático e rápido (em até 30 segundos configurável apenas por sistemas de automação residencial). Permite a criação de até 25 senhas de quatro a oito dígitos. Operam com baterias AA e informam quando a carga está se esgotando. Atendem aos requisitos do Grau 2 da norma ANSI e do Grau 3 quanto à resistência à corrosão. São indicadas para áreas com tráfego moderado (400 mil ciclos), segundo a Norma 14913 da ABNT.



 www.yalelafonte.com.br 

terça-feira, 18 de junho de 2013

Diferente


O lançamento da Doka Bath Works chega ao mercado para impressionar: cuba Cannes. Com laterais curvas que unem a parte inferior mais alta à parte posterior quase inexistente, a cuba apresenta requinte e sofisticação, deixando de ser apenas um objeto funcional para se tornar um item de decoração.
Feita de composto de rocha vulcânica finamente moída e misturada com resina, que não amarela ou desbota, a peça tem design exclusivo o que a torna ideal para os projetos de decoração mais modernos do mercado.
A Doka Bath Works - ou simplesmente Doka -  é especializada na comercialização de banheiras e acessórios de alto padrão para salas de banho, incluindo metais e cubas. Reconhecida pelo design de vanguarda de suas banheiras vitorianas e contemporâneas, é ainda importadora exclusiva da mundialmente reconhecida marca inglesa Victoria + Albert. Consagrada no segmento de decoração de banheiros, a empresa apresenta linhas de produtos que impressionam pela qualidade, sofisticação e requinte de detalhes. 

segunda-feira, 17 de junho de 2013

Viva!




O que mais se viu nos estádios da Copa das Confederações foram cores, nos estádios e no público, dando um colorido todo especial, com cara de festa. 
Afinal, somos, ou não, um país alegre e colorido? 
Cores em alta, ainda bem! A Atlas , referência em pastilhas de porcelana, lança novas cores no formato 2,5 x 2,5 cm, com tons marcantes as pastilhas de porcelana Aracati e Rubi  - que já fazem sucesso no formato 5 x 5 cm- ,  imprimem personalidade e ousadia aos projetos.
Indicadas para paredes de áreas internas e externas, o seu formato acompanha curvas e permite a criação de inúmeras paginações, usadas como faixas ou para delimitar um espaço em contraste com tons neutros. 
Agora todas as pastilhas Atlas disponíveis no formato 2,5 x 2,5 cm tem Drop System, sistema que une as pastilhas por pontos de cola de PVC. Esta técnica dispensa a utilização de papel sobre a face esmaltada e torna o trabalho de assentamento mais limpo, ágil, e principalmente econômico, representando um ganho de 30% na produtividade. O sistema economiza água e produtos químicos e também evita o descarte do papel no meio ambiente. 
Outras vantagens das pastilhas: não absorvem água, alta resistência às intempéries da natureza e a salinidade marítima, fácil manutenção.
"Tá" esperando o que, para especificar?

sexta-feira, 14 de junho de 2013

Rede de pesca???!








Sustentabilidade não é uma questão de moda. É, sim, talvez, a saída mais inteligente para que o desenvolvimento não onere o meio ambiente. E nem quem habita nele. 
A Interface, empresa norte-americana líder em carpetes modulares e reconhecida mundialmente por introduzir a questão da sustentabilidade em seu segmento, acaba de lançar durante o NeoCon 2013, maior feira de design da América do Norte, a linha Net Effect, que tem como diferencial o nylon reciclado de redes de pesca.
A nova linha é resultado da busca incessante da empresa por alternativas que possam diminuir o impacto de suas atividades no meio ambiente. Para tanto, a Interface criou o projeto Missão Zero, que tem como objetivo eliminar todo o impacto negativo que a empresa possa causar ao meio ambiente até 2020. 
Desta maneira, a empresa em parceria com a Sociedade Zoológica de Londres, desenvolveu um programa nas Filipinas, a fim de reciclar redes de pesca para desenvolver tapetes de nylons reciclados. 
Durante o projeto piloto do programa, mais de uma tonelada de redes de pesca foram recolhidas para a fabricação das peças. Com esta ação de reciclagem foi possível remover o lixo marinho, além de empregar pessoas das aldeias locais, incluindo 280 famílias socialmente vulneráveis, que ajudaram na limpeza. Para a Interface, trabalhar com a reciclagem de carpetes de nylon de pesca é apenas um passo de uma série de iniciativas que a organização pretende tomar para criar um negócio absolutamente sustentável.
 Interface do Brasil

quinta-feira, 13 de junho de 2013

Design...ou arte?






E hoje é dia de Fernando Mendes por aqui. Fernando Mendes de Almeida nasceu em 1965, cursou Desenho Industrial na Escola de Belas Artes da Universidade Federal do Rio de Janeiro, e Arquitetura e Urbanismo nas Faculdades Integradas Bennett . Trabalhou no escritório de Sergio Rodrigues por sete anos, entre 1993 e 2000. Precisa dizer mais?
E o que tem para mostrar?
A cadeira foi desenhada para Renata, mulher de Fernando. Seu grande desafio foi encontrar uma estrutura funcional, confortável, delicada e, mais importante que tudo, uma estrutura que fosse bela e feminina, e não havia chance de errar! Na finalização da cadeira, um imprevisto. Ao montar o assento e o encosto nas posições idealizadas no projeto, o designer percebe que a cadeira tinha um ar comum. A solução veio da inversão da posição do assento - jogando para a frente a borda que era originalmente para trás. A peça ficou mais graciosa, e então o mesmo foi feito com o encosto... mais uma boa surpresa e a cadeira estava pronta! 
Já o banco Antonio é pequeno e leve, construído somente com peças torneadas: assento, três pés e duas travessas. Com altura de 43 cm, semelhante à altura do assento de uma cadeira, é uma peça coringa que pode ser usada para mais um lugar à mesa, apoio para o jornal ao lado da poltrona ou para apoiar os pés. O furo no centro do assento funciona como a alça para carregar o banco. O nome foi escolhido em homenagem ao exímio torneiro português Antonio Fernandes da Rocha, que por mais de dez anos fez todo o serviço de tornearia das peças do designer.
Apaixonado pelos encaixes da marcenaria, Fernando Mendes desenhou uma poltrona que evidenciava um dos mais clássicos, o malhete, ou rabo de andorinha, normalmente utilizado nas gavetas. Criou uma peça que trazia o encaixe na frente, em destaque, unindo o pé dianteiro com o braço. O restante da poltrona foi conseqüência desse ponto de partida. Um dia, apresentou os esboços da poltrona para um casal de clientes, Mary e Zuenir Ventura, que aprovaram e encomendaram o primeiro par. Estava batizada a poltrona: Ventura.
Em comum? Quase uma escultura, dessas que a gente se pega pensando: design...ou arte? Ah, as peças são todas em madeira maciça. 



quarta-feira, 12 de junho de 2013

Dia de sofá







Quarta - feira é, tradicionalmente, dia de "namoro no sofá", como diziam os antigos...Ainda mais quando é Dia dos Namorados. Que tal um "namoro às antigas"?
Sofá confortável é um bom lugar para estreitar laços, seja lá com quem for. E de sofá, a Saccaro entende. Um dos destaques da Coleção Saccaro 2013, a coleção Polo, assinada pelos designers Ana Revello Vazquez e Renato Solio, é elegante e diferenciada. Inspirado no esporte que dá nome à peça, que remete ao campo e a liberdade, o sofá Polo traz um acabamento exclusivo em couro. Suas qualidades mais expressivas são o aconchego, conforto e maciez. Sua estrutura em couro configura um verdadeiro contêiner para receber as macias almofadas em pluma e tecidos naturais.

Se eu fosse você, esquecia essa história de sair para jantar  (no dia mais concorrido do ano!) e ficava ai, jogadinho no sofá..."namorandinho"...