quarta-feira, 5 de agosto de 2015

Pura segurança




 A Assa Bloy Brasil, empresa do grupo Assa Abloy, líder mundial no desenvolvimento e fabricação de produtos voltados para segurança e abertura de portas,acaba de adquirir a Metalika, principal indústria brasileira de portas corta-fogo, passando a oferecer ao mercado da construção soluções completas para saídas de emergência e rotas de fuga.
As portas corta-fogo da Metalika estão disponíveis nas categorias leve e industrial.Na categoria leve, a indústria fabrica e comercializa três das quatro categorias de portas corta-fogo existentes no mercado para saídas de emergência de edifícios residenciais, comerciais e industriais. São as portas P60; P90 e P120, assim classificadas em função do tempo que resistem ao fogo nos ensaios a que são submetidas segundo a NBR 6479.
Na categoria industrial, a Metalika desenvolveu portas corta-fogo com a classificação P240, com 240 minutos de resistência ao fogo e em três versões: de correr, de giro e guilhotina. A P240 de Correr, que serve tanto para separação como para compartimentação, é a indicada para shoppings centers, docas e galpões. É ideal para espaços que demandam facilidade para carga e descarga de caminhões. Para uso em indústrias de produtos químicos, de explosivos, borracha e têxtil, a P240 de Giro é a ideal. Ela também pode ser instalada em locais maiores. Nos grandes espaços, no entretanto, a função principal é a de servir como rota de fuga para pessoas. 
Se o problema, além de segurança, for buscar o melhor aproveitamento de espaço, a porta corta-fogo P240 Guilhotina, é a solução. É indicada para locais onde não há espaço para a instalação de uma porta de giro ou uma grande de correr.

Nenhum comentário: