sexta-feira, 28 de julho de 2017

Design acessível na Armazém 43






Fora do circuito badalado que reúne as peças mais desejadas de decoração, o Armazém 43 não fica nada atrás das lojas de alto padrão que já conhecemos.  Pelo contrário, ele se destaca por reunir os maiores nomes do design, apresentando móveis e objetos icônicos, para quem não abre mão de exclusividade. 

Ocupando um prédio de três andares, a loja localizada no bairro da Casa Verde, zona norte de São Paulo, apresenta móveis e peças autorais, algumas assinadas pelo próprio idealizador do espaço – o designer e artista plástico Eduardo Campos – e outras pelos talentosos José Luis Pilotto, Fabíola Bergamo, Alberto Pretel, Marco Reis, e agora também o prestigiado Tiago Curioni. “A proposta é reunir os maiores talentos num só espaço e tornar o design mais acessível”, explica o designer e proprietário Eduardo Campos, que aposta em um novo conceito de loja de móveis e decoração, aliando compras e diversão.
A novidade fica por conta das peças de 
Tiago CurioniA cadeira Velvet foi criada a partir de formas limpas e puras, com a eliminação de qualquer tipo de excessos. Está disponível em 14 cores.Black Sheep é concebida sob os conceitos da ergonomia, onde os dois cilindros se adaptam perfeitamente aos contornos do corpo humano e a forma curiosa permite que tanto pessoas baixas, quanto altas se acomodem confortavelmente. E a mesa de centro Sorte do Dia, feita com antigos tacos de piso, recuperado de caçambas e lixões e que, depois de tratados, receberam no verso de cada um uma frase no estilo “biscoito da sorte chinês”, escritas a mão pelo calígrafo Fábio Maca.

Tem muito mais em www.armazem43.com.br



Nenhum comentário: